categorias: Beleza Famosos

Um penteado que anda bombando por aí..

Kendall em Cannes essa semana

Overdose né amores? Mas, prometo que esse não é um post sobre Kardashians, mas sim sobre cabelo e seus penteadinhos possíveis e fáceis. Sim, tô me achando a descobridora de modinhas. Não sei se vocês lembram (vou te ajudar, veja aqui. Ai como sou legal. ALOKA) que fiz um post sobre um jeito diferente de prender os coques, eles bombaram na vida. Vai que tenho a mesma sorte nesse jeitinho de prender o cabelo…

Lea Michelle no Domingo no Billboard

Claro que  o penteado não é novo tá ai Jessica Alba(no Billboard 2016) e Rita Ora precursora no AMA em 2014). Mas, só essa semana teve Lea Michelle e Kendal Jenner usando esse tipo coque que na finalização ninguém esconde a ponta do cabelo, já liga meu alerta de tendência a vista. Dá para fazer prendi de qualquer jeito e fui, dá para dividir no meio, dá para puxar tudo para trás, vai da escolha do freguês.

Bella Hadid no Amfar em Cannes ontem..

Acho digno, porque finalmente tá podendo deixar minhas pontas espigadas à mostra(beijooo descoloração).

E vocês o que acham??

categorias: Moda

Kylie Jenner: ressignificando o shorts jeans..

Tá bem vou parar de fingir que Cannes não tá acontecendo…Sim, tô de olhos nos looks, mas é muito look para pouca Carol e pouco post para tanta Kardashian. Sim, minha gente tô eu aqui de novo falando delas, porque né??? Porque gosto, porque quando elas resolvem estar em pauta, saí de baixo…Esse look Kendall usou em um dos milhares de eventos de Cannes, o Fashion Relief..

Galeria de imagens

Sim, Kendall Jenner é a irmã, mais camaleoa, a única que poe em jogo o estilo super sexy de toda a família Kardashian. Ela tenta de tudo e esse dias em Cannes ela sacou um Giambattista Valli (evaja aqui) nesse estilão com uma super cauda princesa e na sequência esse  um top assimétrico em preto Alexandre Vauthier com shorts jeans.

Tá confesso que até dá para torcer o nariz, porque se for para preferir alguma coisa eu prefiro o look antes de colocar a cauda(foto acima). Mas, sem a cauda ficava pobrinho demais para um red carpet(rola o slide  e veja os diversos ângulos da coisa toda).

Sem dúvida, atualizando todos os conceitos a respeito de um shorts jeans. E ai o que vocês acharam??

categorias: Comportamento

A obrigação de ser brilhante todo dia.

Porque se fosse possível a gente(eu no caso) sairia com um pote de glitter para dar uma brilhada por onde eu passo. Sim, isso seria incrível se a vida fosse Carnaval. Não, para, vortaaaaaaaaa, não tô falando de brilho da make, mas de uma necessidade quase surreal de ser brilhante e incrível todo dia…Sim, esse é mais um post da série: Melhore Carolina…

Claro, que as coisas que posto aqui tem uma relação direta com alguns fatos de minha vida, até aí nenhuma novidade. Sim, eu posto red carpet porque eu gosto, cabelo porque vivo querendo mudar, maquiagem porque sou a aloka do batom por aí vai..Mas, nem tudo se resume a isso. Falo também, de auto estima, comportamento e coisas que me incomodam, das roupas que insistem em não servir até de alguns jeitos que enxergo o mundo. Nessa detecto alguns “defeitos” meus que percebo que não só são meus…mas, de um monte de gente também…

Andei sofrendo de uma síndrome do brilhantismo(não sei se me libertei e sei se isso existe,mas explico…) tipo preciso ser perfeita em todos meus campos de atuação. Amiga, mulher, profissional, blogueira, senhora fitness e por aí vai…Sim, rola um  excesso de tarefas…Sim trabalho muitoooo e  tudo isso aí exige um bocado de esforço(ser quiser ser perfeita, imagine que demanda)

Comecei a perceber que a minha cobrança interna, estava enorme…E o sentimento de não dar conta, tem ocupada minha mente…Não consigo ser a melhor amiga, a blogueira mais presente, a professora mais incrível, a artista mais criativa e a mulher mais legal. Simplesmente não dá, a conta não fecha…

Não é fácil, administrar isso dentro de mim, confesso. A vontade que dá é tomar uma dose de café com glitter como se fosse possível tomar dessa maneira esse jeito do ser brilhante. Não, não é possível. Tenho tentado fazer menos, estar menos, acumular menos feitos e ticar menos tarefas(porque muitas vezes me sinto apenas, ticando e não vivendo as coisas). Para isso, só estou encontrando um remédio tento entoar um auto mantra me dizendo bem suave: Você não precisa ser brilhante todos os dias, as vezes funciona, as vezes não…

E vocês já sentiram isso??