categorias: Comportamento Famosos Moda

Resumão do ano: Os melhores (ou piores) momentos de 2017.

Aí como eu amooooooo  essa época do ano, amo festa de Ano Novo. O ano tá acabando real e a gente(eu no caso) tá aqui toda trabalhada na reflexão e cheia de esperanças para 2018.Com todos os tropeços esse ano foi ótimo para mim, cheio de aprendizados. Mas, jamais sem perder o foco e a esperança. Sou daquelas que faço listas de desejos e de metas para o ano novo.  Mas, também gosto de fazer um balanço e relembrar tudo que rolou. Esse é post tradicional aqui no blog um apanhadão do ano E sem qualquer critério(ou seja seguindo o meu próprio critério) fiz uma lista dos melhores ou piores de 2017.

O Post mais lido do ano: Pensem bem e (talvez) não façam bichectomia,  esse post faz parte da categoria pautas da discórdia. Mas, vocês já me conhecem e sabem que vira e mexe rola uma dessas pautas aqui.  Enfim, ai se eu tivesse ainda minhas bochechinhas cheias da juventude. Pois é, sempre fui a bochechuda do bairro, mas ok, nunca tive problemas com isso e dava tudo para tê-las de volta. Mas, não é o caso da maioria das pessoas.

Post mais comentado do ano- Meu alongamento de cílios (fio a fio ) que não deu certo. Sim eu fiz extensão de cílios e deu ruim. Me pareceu super interessante, até que o negócio não deu bom. Conto essa história nesse post e toda semana recebo comentário novo, de alguém desesperada porque o seu alongamento de cílios não deu certo.

O batom do ano- Vic Ceridono meio que dispensa apresentações, mas vá lá.. Ela é editora de Beleza da Vogue Brasil, mora em Londres e ainda tem o seu blog o Dia de Beaute e esse ano ela entrou no time daquelas pessoas ilustres que tem um batom criado na MAC. O tom foi um vermelhão lindo que eu amei.

Memê do ano- Se teve um evento esse ano que pode ser comparado ao meme mais replicado do ano passado  da Miss Errada, foi o Oscar. Vocês lembram do que rolou??? Anunciado o vencedor do Oscar, os atores e a equipe de “La La Land: Cantando as Estações” foi chamada receber o prêmio, mas, na verdade, quem ganhou foi “Moonlight”! Na hora de receber a estatueta, rolou aquela torta de climão e os vencedores reais foram lá buscar a estatueta. Na mesma hora uma chuva de memes tomou conta das redes sociais…Nunca ri tantooooo.

Galeria de imagens

Melhor post Kardashians do ano: Tudo o que você gostaria de saber sobre as Kardashians mas tinha vergonha de perguntar. Esse ano foi fraco de babados Kardashians, não vou contar a duas gravidezes das Kylie e Khloe que ainda tá no mistério. Mas, vocês lembram dessa? Achei utilidade pública e mandei para minha mãe, cunhada, amigos e todo mundo que não sabe quem são as Kardashian na fila do mundo, porque do pão é pouco para elas.

E ai para vocês qual foi o fato que marcou 2017? 

Beijos, feliz 2018, obrigada por tudo e  ano que vem a gente se vê por aqui.

categorias: Beleza Comportamento Famosos

Lupita Nyong’o e o caso do photoshop close errado.

Lupita Nyong’o está na capa da última edição do Grazia UK, e a foto foi super retocada no photoshop até aí nenhuma novidade. Já falamos mil vezes sobre esse assunto aqui (lembre aqui os posts que envolvem esse tema) , não sou contra se for ajustar uma luz, uma sombra, coisa pouca que não desfigura a pessoa nem o contexto. Pois é , é aí que morou o problema na edição desse capa e a primeira a reclamar foi a própria Lupita.

 

As I have made clear so often in the past with every fiber of my being, I embrace my natural heritage and despite having grown up thinking light skin and straight, silky hair were the standards of beauty, I now know that my dark skin and kinky, coily hair are beautiful too. Being featured on the cover of a magazine fulfills me as it is an opportunity to show other dark, kinky-haired people, and particularly our children, that they are beautiful just the way they are. I am disappointed that @graziauk invited me to be on their cover and then edited out and smoothed my hair to fit their notion of what beautiful hair looks like. Had I been consulted, I would have explained that I cannot support or condone the omission of what is my native heritage with the intention that they appreciate that there is still a very long way to go to combat the unconscious prejudice against black women’s complexion, hair style and texture. #dtmh

Uma publicação compartilhada por Lupita Nyong’o (@lupitanyongo) em

Ela postou a foto original lado a lado com a versão final, photoshopada no Instagram e no Twitter , chamando a atenção para o fato de  revista “cortar”  o cabelo dela, sem consultá-la . Lupita se declarou desapontada com o fato de que  @graziauk  convidou a estar na capa e e, em seguida, ter editado seu cabelo para se adequar à noção de beleza eurocêntrica.  Ela aceitou o convite da capa, pois segundo ela é uma oportunidade para mostrar a outras pessoas que a mulheres negras são lindas do jeito que são. A atriz reforça que ainda há um longo caminho a percorrer para combater o preconceito inconsciente contra as mulheres negras, entre os quais aceitar as diferenças de pele, cabelos estilo e texturas.

E vocês o que acham que temos que mudar em nossos comportamentos a fim de aceitar as diferenças?

categorias: Comportamento Moda

Mulher que não tem peito não é feminina.

Esse dias ouvi essa : Mulher que não tem peito não é feminina. Tô com as pautas da discórdia, como diz minha amiga Tati Marques (do blog Por mais um carimbo)Mas, não aguento, quando o assunto é falta de peito, o negócio mexe comigo. Sim, porque como vocês sabem sou do time das despeitadas com muitooo orgulho. Nunca na vida pensei em colocar silicone. Nada contra um peito grande ou siliconado, acho lindo. Mas, não colocaria( que fique claro que hoje não colocaria, mas a gente não sabe o dia de amanhã e cada um sabe onde o calo aperta)…porque sério que me amo despeitada(aliás, já falei mil vezes disso aqui).

Eu nunca liguei muito para o fato de ser despeitava, a não ser quando alguém comentava ou imputava essa falta de atributos frontais a uma pseudo ausência de sensualidade ou feminilidade(o que na verdade nunca achei que fosse o meu caso, mas enfim).

Aliás, até hoje ouço umas piadas, do tipo: Os peitos daquele cara são maiores que o seu. Ou aquela criança de 10 anos tem os peitos maiores que o seu. E eu: fico com aquela cara de hã?!? E daí??Mas, esses dias quando ouvi que uma mulher que não tinha peitos, não tinha como ser sensual e feminina Pãnnnnnnnnnnnn um alerta enorme soou na minha cabeça. Será que essa pessoa está querendo me dizer que Claudia Raia não é sensual(sou tão auto confiante no quesito peito que não pensei que ela poderia estar falando de mim. Será?!!?)?

Mas, talvez estava falando para mim, sim e eu nem me dei conta.Aí fui tentar entender um pouco do que essas palavras sensualidade e feminilidade querem dizer.

Sem qualquer modéstia, acho que até aqui tô super dentro. Mas, acho também que depende de como cada um coloca esse óculos de sensualidade/feminidade. Esse quesito tem mais a ver com o que cada um enxerga no seu rol de interesses, ou seja é bem relativo.

Acho que o mais importante de tudo isso é parar de inventar verdades por aí, do tipo “Mulher que não tem peito não é feminina”. “Mulher que não tem peito não é sensual“(Isso porque não vou entrar em outras pautas que ligam as características encaradas como “defeitos”), porque vai que alguém acredita…

E você o que acha disso tudo?