categorias: Beleza

O penteado mais usado do momento: eu queroooo.

De repente, não mais que de repente uma modinha toma conta… (Aí jura, Carol? Agora conta a novidade por que isso a gente já sabe). Bom dessa vez, a nova tendência(matando pandas sem discriminação. Sim toda vez que uso essa palavra um panda morre no mundo)  no quesito cabelo é a mistura do Brasil com o Egito(Carol, você não cansou de usar essa piada? Já deu migla), mas é um mix de trança com outra modinha do momento: os unicórnios. Aí nasceu a trança unicórnio, a ideia é imitar o chifre de um unicórnio com a trança feita no topo da cabeça.

São várias versões e todas lindas(não, não sei fazer, porque não sei fazer trança. Mas quem domina a arte da trança embutida parece bem fácil) pode usar uma versão mais fina ou mais volumosa, duas ou mais trancinhas, o que importa é deixa-la bem centralizada..

Eu já amei, já quero fazer em uma próxima ida ao cabeleireiro…Curtiram?

categorias: Beleza

Shag Hair: Um corte cai bem em todos os fios e comprimentos de cabelo.

Desconfio( e se eu fosse você desconfiaria também) sempre de um corte que diz que vai bem com todos os fios e comprimentos(veja que não acho que fica bem, por exemplo em múltiplas personalidade. Isso porque nem sou uma visagista que posso opinar sobre os formatos de rosto, enfim). Mas, vamos dar um crédito e conhecer um pouco mais desse corte que tem prometido ser essa democracia toda.

welp, makeup was insane. BTS of recent beauty shoot with @thenightingail MUAH by @bethlevelartistry What a day with an awesome crew of women.

Uma publicação compartilhada por Andrea Bartlow (@andreabartlow) em

Bom, o Shag Hair não é nenhuma novidade, anos 80 né amores? Farrah Fawcett que nos diga… Enfim, quase todo mundo já usou e usa. Mas, como estamos naquela época revival dos anos 80, o corte tá aí..

Pre-hair/MU photo by @davidlopezhair

Uma publicação compartilhada por Khadijha Red Thunder (@khadijha) em

A ideia é combinar o corte em camadas com uns fios desconexos. As graduações das camadas podem rolar em todo o comprimento ou apenas nas pontas, criando esse efeito de umas partes mais longas e outras mais curtas. Essa bagunça nos fios rola com finalizadores, tipo sprays de sal e mousses. A vibe é acordei com o cabelo bagunçado e sai, só que não. Dá bastante trabalho chegar nessa finalização perfeita, mas ok. Por que não tentar?

Feeling fly like I always do after an appointment with @hairdesignbytye thanks girl for the amazing cut as always!

Uma publicação compartilhada por Heather Rogers (@byrdsofaheather) em

Eu sinceramente não sei se combinaria com minha personalidade, mas...E vocês aí o que acham desse corte? 

categorias: Beleza

Por que o cabelo novo da Juliana Paes fez tanto sucesso?

1741838-juliana-paes-esta-com-os-fios-mais-curto-950x0-3

Meninaaaaaaaaaaaaaaaa o que é que tá acontecendo com esse blog que só se fala de cabelo?!?! Dessa vez só coincidências da vida. Mentiraaaaaa que já tô aqui tomando coragem para fazer umas luzes(balayages, ombre or something else). Já sabe a chance do cabelo ficar podre, né?Então…Enquanto isso me mantenho olhando o cabelo dos outros só para me acalmar e ver que nem toda mudança dá ruim. Aliás, tem umas que são ótimas…

Já não é novidade para ninguém que anda rolando um movimento volta aos cachos/cabelos naturais: a famosa transição capilar. Que nada mais é que um processo que as meninas de cabelos cacheados e crespos passam quando decidem se livrar do alisamento. Não é fácil e exige paciência, porque uma vez alisado o cabelo não volta ao natural, tem que cortar(existe mil técnicas para isso, mas não vou entrar nessa questão. Focooooo- quem vê pensa). Enquanto o cabelo não cresce tem que rolar algumas técnicas de texturização para lidar com duas texturas em um único cabelo. Enfim, olha a fundamentação teórica aí genteeeeeeeee(difícil me livrar desse lado acadêmico e a noia de fundamentar, mas segue o jogo). Vamos voltar ao assunto do post? Focoooo. Mas, por que o cabelo da Juliana Paes fez tanto sucesso? 

Ela está com os cabelos naturais por causa das gravações do filme Dona Flor e Seus Dois Maridos. Talvez uma feliz coincidência? Nunca saberemos. Em época que as meninas estão de toda forma tentando se aceitar e firmar causas de empoderamento feminino. Sim, o cabelo é só um complemento. Mas, faz parte disso. A ideia, segundo a própria Juliana, é se sentir bonita e confortável com a sua escolha(Vamos combinar que ninguém quer ser escrava de escova e manter o cabelo mais natural possível é libertador. Aliás não somos obrigadas a nada.). Isso só resume porque essa mudança que em outros tempos poderia ser super criticada ganhou forças e muitos elogios. Porque no fundo no fundo é isso que a gente quer ser feliz do jeito que a gente escolhe ser. Um dia super montada, um dia super natural, quem decide é a gente mesmo. Nossas escolhas são só nossas. Vocês não acham?