categorias: Moda Moda e arte

Peplum: as origens

O peplum é o que podemos chamar de um pequeno overskirt que está geralmente ligado a um casaco e algumas vezes na saia. Uma possível origem desse tipo roupa pode ter sido nos vestidos das damas do século XIX . Porém, a etimologia da palavra do grego Peplos se refere a uma túnica ou vestido longo com um retalho de tecido dobrado e com cinto em volta da cintura usado na Grécia antiga, ou seja podemos entender que o começo é muito anterior a século XIX.

 

Depois disso, o peplum moderno voltou para as mulheres na década de 1940, com o objetivo de deixar o corpo com formato de ampulheta, vide o icônico vestido de Christian Dior.

 

Atualmente a febre do peplum ,o renascimento do peplum atual, pode ser atribuída a Jil Sander na coleção de 2011 S/S.

 

Porém, Christian Dior nunca abandonou os peplum e em diversas coleções aparece o detalhe nas criações da marca. 

 

A função do detalhe na verdade é criar uma ilusão para cintura parecer menor, então meninas aproveitem e abusem do modismo, enquanto é tempo.

categorias: Moda

Chanel e as inspirações em Maria Antonieta

Essa última semana se falou muito sobre o desfile da Chanel em Versailles, que foi inspirado em Maria Antonieta, até nenhuma novidade. Mas , você sabe o que de fato marca as características de vestir da época? A gente te ajuda a “ver” o que o desfile da Maison Chanel usou do vestuário da época da “Rainha da Moda” (título do livro de Caroline Weber) e adaptou para a atualidade.

 

Na época de Maria Antonieta se usava muito pó e usavam cera para preencher as marcas de expressão. Tomar sol era proibido primeiro por derreter a cera e depois que o bonito era ser branquinho e rosa, esses costumes foram reforçados pelo desfile em um make total rosa.

 

Normalmente os trajes eram compostos de uma saia  sobre outra saia . Karl revisitou esse modelo encurtando um pouco a saia de baixo.

 

Ainda falando de saias era usado sobre a saia uma armação lateral (ancas) que davam uma nova forma à silhueta.

 

Na verdade o traje de montaria de Maria Antonieta era especial, primeiro ela foi um das primeiras mulheres que montou o cavalo da maneira que fazemos atualmente: de frente. Por isso, ela começou a usar calças e casacos parecidos com os dos militares da época.

 

Outra coisa interessante foram as mangas que Lagerfeld usou em seus modelos derivadas das múltiplas rendas. A paleta de cores escolhida também foi bem semelhante a aquelas que aparecem nos retratos de Maria Antonieta, não acham?  Viram mais semelhanças? Eu vi mais um monte, mas o post ia ficar enorme.