categorias: Moda

Roupa não é descartável, mas o que fazer quando a gente enjoa???

tenis 4A gente vive falando aqui que roupa não é descartável e que é legal usar várias vezes a mesma peça e tals. Mas, o fato é que a gente enjoa das coisas. Eu, por exemplo, tenho um vestido preto que amooooo e que já fui a vários casamentos com ele, mas sinceramente não aguento mais aparecer nas fotos com a mesma roupa. Acontece só comigo? Acho que não…(sou normal, né? Não me deixem sozinha nessa).

Andei vendo por aí, alguns lugares (sites)  de pessoas que compartilham roupas e outras coisitas(trocam, alugam, doam, e até mesmo vendem). Às vezes rola um aluguel formal, às vezes rola uma troca sem necessariamente envolver money(não sei se já existe esse sistema de troca aqui no Brasil) Nessa pegada tem o mercado livre, olx, e o enjoei e alguns os sites de aluguel de roupa como Dress a Porter e Dress and go, que são alugam roupas  hi brands, o que é bem interessante porque, né? Não rola de comprar um uber vestido cada vez que vamos em uma festa, né?  As celebs brazucas super aderiram na história de alugar roupa bacanudas…

Mas, fiquei viajando em outra ideia …O que acham da ideia de trocar/vender/alugar roupas? Pensando nisso, queria dois minutos de vocês para responder esse questionário,sobre essa história…

Comentar resposta para Camila Faria Cancelar

Comentários via Facebook

10 comentários via blog

  1. Wanessa Oliveira

    Respondi o questionário. Mas, confesso que não gosto de roupa usada, se ela estiver em bom estado e nunca usada, levo de boa. E roupa encalhada no meu armário? Eu doou saio mais no lucro, ajudar alguém é mais importante 😛
    bjoka http://diadebrilho.com

  2. Giuli Castro

    Carol,
    Respondi. Mas confesso que nao compraria de desconhecidos. E de conhecidos no maximo bolsa, que ate ja comprei… Quando eu brinquei que queria um talvez é pq se é de uma amiga e eu tivesse gostado muuuuiiito, talvez comprasse. Mas em sites normais, nao… Nao compraria, sem saber quem a pessoa, a energia que vem, etc.
    Beijos

  3. Camila Faria

    Carol, acabei de responder, mas vou comentar aqui também: eu não tenho o costume de colocar coisas minhas para vender. Consumo super pouco roupas e acessórios e acabo doando muita coisa, quando não uso mais. Também não tenho costume de comprar coisas usadas ~ mas é por falta de costume mesmo, não tenho nada contra!

  4. priscilla barreto

    Carol,
    Adorei o post e a ideia também.
    Não tenho preconceito de comprar/ trocar roupas (só sapato que eu acho mais complicado, pq cada um tem um gosto, uma pisada… coisa minha mesmo rs). Acho que se a peça esta em bom estado, você conhece a vendedora/compradora e é algo que realmente compensa, porque não?

    Bjs
    Pri

  5. Denise

    O http://www.enjoei.com.br tem exatamente essa proposta! eu nunca comprei la!

  6. Mariane

    Oi Carol!
    Eu respondi o questionário. Mas acho que esse negócio de alugar uma roupa que você já cansou não funcionaria para mim…
    Eu também sou do time que doa roupas e outras coisas para entidades e campanhas, mas acho que podemos dosar e, vender uma ou outra peça.
    Bjs

  7. Fê Goncalves

    Respondido, Carol!!! Você já sabe que tenho uma lojinha no Enjoei, logo já tenho o hábito de vender coisas usadas como roupas, sapatos, bolsas e acessórios. Também já comprei, mas ainda não troquei com ninguém. Acho a ideia bem interessante!! Beijos

  8. Adriel Christian

    Eu acho que a gente não precisa necessariamente colocar numa empresa pra alugar ou vender, mas fazer aqueles mini bazar só pros migs. Aqui na minha cidade sempre tem uma feira, onde as pessoas levam as suas coisas usadas pra vender. Sempre encontramos bem legais e marca boa por um bom preço.

  9. Anna Kuhl

    Oi Carol! Eu compro e vendo roupa de segunda mão, uso pra fazer figurino, sou meio obcecada pelo tema, inclusive meu último post lá no blog é sobre as bibliotecas de roupa para alugar. Tem uma iniciativa super legal, o Roupa Livre, que está inclusive desenvolvendo um aplicativo de trocas tipo tinder, vale a pena se inteirar.
    Beijos!
    Anna

    1. Carol respondeu Anna Kuhl

      Vou procurar
      bjs