categorias: Moda

Aliança de casamento: como escolher a sua.

justin bieber e hailey bieber

Vira e mexe esse assunto é abordado aqui em casa. Esses dias eu estava vendo uma série de casamento  e o assunto voltou. Eu sempre quis uma linda aliança de casamento de ouro. Uns meses antes do meu casamento eu tive um pesadelo com as alianças. Juroooo!!! Sonhei que meu marido escolheu um modelo de aliança de coco. Nada contra, mas eu queria uma de ouro.

Nisso, a bridezilla que morava em mim despertou. E eu resolvi que iria cuidar pessoalmente das nossas alianças. E na época lembro que não tinha muita ideia sobre o assunto. Hoje depois de quase 15 anos de casada, vim contar para vocês o que não mudaria, o que eu me arrependo. E alguns modelos que se eu fosse casar hoje( com o mesmo marido), eu escolheria.

Critérios de escolha

Meu primeiro critério de escolha foi a ideia de ter alianças mistas. Ou seja, um modelo para mim e outro para ele. Não queria que fosse completamente diferente. Eu queria que eles tivessem a mesma base. Mas, queria que a minha tivesse uma pedra de um brilhante bem grande. A ideia era que essa pedra não ficasse encrustada na peça. Mas, que ficasse sobressalente, como em um solitário. A minha ultima exigência é que ela fosse fosca.

Eu acabei mandando fazer, mas hoje certamente compraria pronta. Vamos aos fatos…Ou seja, vou te contar o que mais eu faria diferente na minha aliança de casamento.

A aliança é uma joia que muita gente não tira nem para tomar banho. Ou seja, é uma peça de uso diário e constante. Então, se eu fosse casar hoje eu escolheria um modelo mais confortável. A minha ficou grossa demais e não é muito anatômica. Tanto que meu marido não usa sempre, porque ela realmente machuca.

Outra coisa que não durou muito foi a aparência fosca. Como é uma joia de uso diário, o fosco não fica muito tempo. A gente vai “polindo” ela sem querer, quando usa as mãos. A ultima coisa que não deu muito certo foi a pedra que caiu porque eu batia a mão toda hora. Depois de uns meses de uso, tive que arrumar a aliança, encrustando a pedra e deixando ela brilhosa.

Escolhendo outro modelo

Se eu fosse casar hoje ou renovar os votos, eu continuaria a escolher um modelo diferente do outro. Talvez com mais pedras, tipo solitário e sem dúvida anatômica. Para você que está em dúvida, existem muitos modelos. Douradas, prateadas, grossas, finas, anatômicas, quadradas, redondas, com detalhes e tipo solitário, tradicionais, moderninhas e por aí vai…

Seja qual for a escolha e independentemente da cor, forma e material, as alianças podem ser personalizadas adicionando palavras, frases de vocês, datas e o que mais você desejar. E aí, qual seria sua escolha?

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

1 comentário via blog

  1. lulu

    Adorei as dicas para escolher as alianças. Só falta um detalhe: o noivo.
    Big Beijos
    http://www.luluonthesky.com