categorias: Viagens

Porto de Galinhas: dicas de fim de semana

Vamos ver se eu consigo, porque vocês sabem que eu adoro começar tags novas e as vezes vai bem, as vezes não. Mas, a ideia aqui é dar algumas dicas de viagem para lugares que eu já fui e amei….Bom, vou começar com um destino que já fui algumas vezes e poderia repetir mais uma porção de vezes. Porque Porto de Galinhas certamente é daqueles lugares tem que ir…

Como chegar

Porto de Galinhas fica em Ipojuca, no estado de Pernambuco(Os vôos nacionais para o aeroporto de Recife são frequentes e chegam de todo o país!).  A vantagem é que o local fica a 50 km do aeroporto do Recife e, pela da Rota do Atlântico, uma via expressa pedagiada que evita a PE 060, é possível chegar ao paraíso em menos de 1 hora.  Eu fui de avião até Recife e de lá aluguei um carro e fui até Porto de Galinhas, Uma dica, é verificar se a sua hospedagem oferece serviço de traslado. 
Caso queira uma outra opção, é possível táxi e até mesmo uber.

Para passear…

Se você chegou na sexta-feira no fim do dia, pode participar das atividades noturnas da cidade.  Para quem gosta de dançar,  o forró pode ser uma excelente pedida. Super indico é o forró pé de serra do Lua Calliente,que é uma casa de show super animada..

Mas se você prefere algo mais tranquilo, o Centrinho da cidade é muito charmoso. As ruas, fechadas para os carros, oferecem diferentes opções de bares e restaurantes com o delicioso clima paradisíaco. Por lá é possível tomar beber, comer bem e se divertir.

Falando em comer e beber…

Para quem gosta de uma comidinha gostosa, recomendo alguns restaurantes da cidade.  Tem a  La Tratoria, para quem gosta de pasta e molhos.  Na beira da praia de Porto de Galinhas tem o La Crêperie, que tem como carro chefe os típicos e franceses crepes salgados e doces. O ambiente é gostoso e a vista é bem bonita. 

Para quem ama um escondidinho, tem o BarCaxeira. O restaurante começou como um quiosque e a macaxeira gratinada ficou tão famosa, que acabou como parte dos pontos turísticos.  Para quem ama sorvete deve passar pela Sorveteria Italiana Delizia Di Latte. A dona, que é italiana, prepara os gelatos de forma artesanal. Uma delícia…

Para quem curte baladinha, então vá até a Birosca da Cachaça. O espaço é descontraído e divertido e está sempre cheio de turistas. A casa noturna tem uma cachaçaria. A animação fica por contas dos DJs, que tocam black music, rock, pop e músicas nacionais.

As praias…

A cidade todo é uma delicia, mas não existe nada igual as praias de Porto de Galinhas que são um fenômeno. Além das belezas estonteantes, é possível encontrar as tais piscinas naturais que são lindas de se ver e maravilhosas para um banho com peixinhos. 

Se você curte surfar, a dica é a praia de Maracaípe. O local é sede de importantes campeonatos e suas ondas, que atingem até 2 metros de altura, chamam não só os atletas, mas de todo mundo. Muro Alto é uma das minha preferidas, andei de stand up pela primeira vez lá, tem uma paredão de recife que deixa o mar super calmo.

A Praia de Porto de Galinhas tem uma grande faixa de areia e é possível fazer um delicioso passeio de jangada por lá. Meu programa favorito, mas tem que ir de manhã que a maré sobe. 
O Pontal do Cupe é a ponta norte da praia com o mesmo nome e por estar protegida por recifes, oferece um banho de mar maravilhoso. 

Passeios clássicos de Porto

Vá de bugue! Ele passa pelas principais praias, vale muito a pena…. É obrigatório visitar as piscinas naturais. Elas são lindas e te levam para um mundo de descanso paralelo.

Programe-se para ver o pôr do sol no Pontal do Maracaípe, sério, é de tirar o fôlego. Sem contar que o evento do encontro do rio com o mar é algo maravilhoso . Ah! Lembre-se de comprar as famosas galinhas feitas pelos artesãos e que são vendidas no Centrinho. O bichinho que dá nome à cidade é um outro clássico de Porto de Galinhas.

Aproveite cada segundo! E não deixe de dar uma olhada em esse outro post com um guia sobre o que fazer em Porto de Galinhas!

E aí curtiram as dicas? Vocês já foram para lá?

categorias: Beleza Moda Viagens

Minha experiência nas Olimpíadas do Rio 2016.

DSC03983tô na sofrência porque essa semana é a última das Olimpíadas do Rio de Janeiro(Aproveitem os momentos raríssimos de fotos minhas aqui no blog). Amooooo esses eventos esportivos, adoro ver uma competição e a superação dos atletas. Bom, mas quem me acompanha no snapchat (segue o Alfinetes) viu que andei por lá nos primeiros dias das Olimpíadas do Rio e vou contar um pouquinho de como foi, essa experiência deliciosa…

Comprando ingresso- Aqui em casa somos super brasileiros e resolvemos tudoooo de última hora. Ou seja, quando eu estava em Joinville no festival de dança(na última semana de julho) meu marido me liga dizendo que tinha comprado ingressos para algumas provas(ele comprou no site e foi bem tranquilo). Bom, nos íamos ver os jogos do Brasil de handebol e vólei feminino e eliminatórias de natação.  Quando cheguei em casa não me conformei e fui atrás de ingressos para a ginástica artística que amoooo, acabei comprando de uma sobrinha de uma amiga(obrigada Sônia e Mirella). 

Chegando no Rio- Não sou uma estrangeira no Rio de Janeiro, bem longe disso. Desde pequena vou sempre para lá e sei me virar e andar bem na cidade. Cheguei no Rio no dia da abertura, mas não fui assistir até porque os ingressos que sobraram passava de 3500 reais por cabeça no site(não joguei na mega, nem acordei rica). Estava um Rio bemmm atípico e não tinha ninguém na rua, ninguém mesmo. Fico normalmente ali no Flamengo e só vi o exercito na rua.

olimpiadas1

O clima da cidade- No dia seguinte(sábado dia 06) deixei meu dia off para ver amigos e curtir o clima da cidade. Fui até o Leme e Copacabana e estava DEMAIS. O clima olímpico invadiu a cidade. Muita gente na rua. Rio de Janeiro muitooo limpo(quem já foi para o Rio, sabe a cidade sofre com a sujeira, mas sério não tinha um papel na rua, sabe quando a gente vai receber visita e arruma a casa. Então, tava assim). Passei em frente a algumas casas temáticas(veja aqui)mas acabei preferindo curtir o clima da rua mesmo, que estava MARAVILHOSO.

DSC03986

Chegando no Parque Olímpico- Comprei o Rio Card (cartão de transporte para os lugares da Olimpíadas) e fui de transporte público. Achei a melhor opção, quem já foi ao Rio sabe o perrengue que é chegar na Barra(onde fica o parque) de carro(por conta do trânsito) ou de ônibus(cerca de duas horas em dias normais). O esquema de chegar está ótimo da Zona Sul até o Parque Olímpico demora uma hora com metro e ônibus, o tal do BRT. Tá super seguro, só entra nessa linha quem tem ingresso e o clima olímpico começa ali…

Desktop

O Parque- Uma maravilhosidade em muitos sentidos, muito lindo, estruturas de babar(farmácia, mercado, lojinhas e etc), clima ótimo e voluntários super felizes coisa que contagia. Não tem como ficar cabisbaixo por lá, emociona a nossa capacidade de organizar e fazer as coisas legais quando queremos. Sim, tem filas, afinal é muita gente, mas nada que assombre. A única coisa que deixou a desejar foi a comida, as opções eram poucas, os preços altos(8 reais uma água) e faltou comida nos dias que fui.  No 2o dia levei uma garrafa vazia(porque não pode entrar com liquido lá) e enchi nos bebedores. Levei também alguns snacks para não passar fome, já que eu fiquei o dia todo vendo provas.

IMG_0212

As provas- No primeiro dia assisti eliminatórias da natação e ginástica. Ainda pouco conformada que não ia ver Simone Biles, comprei lá no Rio mesmo, pelo site, mais um ingresso para a prova da ginástica com a equipe americana.  As arenas que fui são lindas e o clima da torcida é demais. No 2o dia assisti os jogos de vôlei e handebol, as meninas ganharam e foi demais.

Saindo do parque olímpico- O primeiro dia foi super sossegado, cheguei tarde e tava apreensiva de pegar trasporte e andar na rua a noite, mas foi tranquilo. O segundo dia sai da Barra e fui até o Maracanãzinho. Esse trajeto é um pouco chato porque você vai de BRT até Madureira e de lá pega o trem da central até o Maracanã. Descer em Madureira é confuso, tava escuro e mal sinalizado, ajudamos uns gringos meio perdidos, mas chegamos bem. Na volta a estação do Maracanã estava fechada e tivemos que andar um pouco até a próxima estação, mas de novo os voluntários conduziram a multidão ao metro e correu tudo bem.

Continuando em casa…O clima das Olimpíadas invadiu minha casa depois que cheguei e estamos empolgadíssimos acompanhando tudo que é prova. Comemorando cada vitória brasileira e torcendo muito. Tô morrendo de vontade de voltar para o Rio antes das Olimpíadas acabarem(acho pouco provável, mas nunca se sabe).

Parabéns meninos. Muuitaaaaa emoção. Por mim podia ter olimpíada até o ano que vem. Tá lindoooo #rio2016

Uma foto publicada por Alfinetes de Morango (@alfinetesdemorango) em

Valeu cada segundooo e você como estão acompanhando as Olimpíadas???

categorias: Moda Semana de Moda Viagens

Looks de praia para curtir o feriadão

O feriado está aí, bem como o calorão! E nada melhor que produzir uma mala eficiente e fresquinha para curtir a estação mais quente do ano em nosso lugar preferido de escolha, certo?! Baseada nas apostas para o verão 2014 desfiladas no SPFW, selecionei quatro estilos que não poderão faltar em mala e em seu closet para a estação. 

Verão 2014

TROPICAL- O verão traz, automaticamente consigo, as cores quentes e as estampas tropicais. Frutas, folhagens e tudo que remete a um clima de selva está com passe livre para enfeitar seus visuais de praia e de festa. Modelagens cropped – justas ou amplas – também estão permitidas. Invista!

Desktop12

 BRANCO COM TEXTURAS- O branco no verão é o pretinho básico no inverno, portanto, obrigatório! Texturas interessantes como a seda, o couro trabalhado, o algodão e o linho são onipresentes em produções leves e cheias de personalidade. Para complementar a produção, adicione um acessório com pegada geométrica, como a clutch da Cori.

Desktop13

ETNIA-  Pioneira em fazer estampas cheias de referências étnico-culturais, a Neon (que fechou, a gente espera que temporariamente) é inspiração certa. O oriente foi o foco para sua coleção de verão e não poderia ser mais atual e desejável. Túnicas, conjuntinhos e maiôs assimétricos com ricos recortes precisam fazer parte da sua produção!

Desktop14

ESPORTE CHIC-  O mood esportivo também terá seu espaço na gama de apostas e  aparece por meio de peças mais folgadas, com transparências e efeito plastificado – principalmente nos acessórios. Cores vivas como o azul bic também têm seu lugar cativo quando o assunto é sport-chic.

 Uma tendência mais gostosa que a outra para escolher e arrasar!