categorias: Moda

Você decide e a volta da cor marrom: sim ou não?

Houston, we have a problem. Pois é, lembra aqui que eu falei do vestido marrom. Eis que começo a reparar que de repente todo mundo passou a usar a cor do vestido. Mas, vamos combinar que essa cor é quase incombinável. Sim, tem tons interessantes, mas tens outros que em minha humilde opinião , ficam estranhos. Até curto um terracota, um marrom camelo, mas nem toda a paleta agrada.

Galeria de imagens

Justamente que para mim, uma das principais limitações do marrom é sua capacidade (ou melhor, incapacidade) de combinar com outras cores. Assim, geralmente as pessoas combinam com cores de terra, preto, branco ou similares ou ainda, saem literalmente com 50 tons de marrom.

Galeria de imagens

Aí fui pesquisar e procurar ideias para o marrom, parece que o vermelho, talvez o laranja e em alguns casos de amarelo se afinem a esse marrom mais fechado…Tem também as ideias de 50 tons, que me agradam…

Galeria de imagens

A melhor maneira de começar? Talvez com um casaco, para usar em vestidos estampados ou com uma calça…jogo de tentativa e erro. E ai como você combina o marrom, ou desiste e não usa??

categorias: Moda

Onde achar: alças coloridas e divertidas para as bolsas.

Sabe quando eu cismo com uma coisa sai de baixoooooo. Pois, então…Eu bem estava vendo o snap(sim ainda vejo snap da Dona Cida, no insta ela é @cicaregomacedo) e vi ela usando uma Speedy LV com uma alça super colorida, linda e longa(na LV eles vendem alças de couro avulsas, mas elas são bemmm caras). Eu tenho essa bolsa e quase não uso, minha maior dificuldade de usar se encontra na alça. Não tenho vocação de madame e não dou conta de segurar a bolsa no antebraço. Pois, bem aquilo me acendeu uma luz e um desejo, querooooo uma alça colorida para mim. Aí começou minha saga…

Sim, tá na moda, tá usando. Graças a Fendi(beijos Karl. A Fendi foi a primeira boutique a lançar a Strap You) e a Valentino foi na onda e deu um ar boho nas alças super coloridas. Aí um pulo para se popularizarem. Eu amaria uma original, mas como não estou pretendendo gastar quase 1000 dólares em uma, porque apesar de linda, acho que a febre passa e a gente tem que escolher onde investir(quem quiser originais das brand tem aqui ó). E como sou legal(and modesta), vou compartilhar onde andei achando essas alças por aí..

Bazar da Barbara -Para quem não conhece, a Barbara do Living Gazzete tem um bazar cheio de coisas muito interessantes e entre elas tem as alças. Eu amei essa rosa, ela tem outras opções e se não me engano aceita encomendas( a preta custa 59,90).

Essas alças são as que a Dona Cida tem(minha paixão primeira e onde essa obsessão começou) são da Kantha o ig é esse aqui  – as alças são lindas(algumas de tecido e outras de couro) e ainda rola uma customização de bolsas. São as mais caras, mas são lindas, as de couro são em média R$ 490,00.

Merci with Love-   A Merci achei por acaso nessa pesquisa e já estou mega apaixonada pela Alça Niemeyer(aqui ó). Elas são de couro (vão durar a vida toda) e ainda tem a possibilidade de personalizar com suas iniciais (acho phyno). Custam em média 270 reais…

Laci Baruffi- Essas são mais básicas, mas tem formato bem interessante e também são de couros. E custam em média 136 reais…

Eu comprei duas na 25 de março(não são de couro. Eu falei que não ia comprar mais P.U, né? Affe, mas como é só uma modinha tá bom…) e os valores variaram entre 30 e 60 reais, mas tem que rolar um garimpo por lá…Vi algumas coisa no Ebay(mas as vezes não vale pelo imposto) e no Mercado livre(tem bem pouca opção).

E vocês tem dicas de onde encontrar alças lindas?

categorias: Moda

A eterna busca pela roupa confortável no trabalho.

Eu não sei você, mas eu estou ainda na obsessão e na eterna busca pela roupa confortável de trabalho. Meu trabalho é super(até demais) flexível nas roupas e tals(dou aula na faculdade de artes), mas sempre gosto de ir mais ou menos arrumadinha, principalmente se tem alguma reunião ou vou dar aula na pós graduação. A busca pelo conforto para mim tem alguns motivos: eu viajo para São Paulo para dar aula e não suposto a ideia de me sentir desconfortável; vou passar o dia todo lá e quero uma roupa que eu me sinta bem; muitas vezes eu me sento no chão(coisas de artistas, né amore?). E toda semana é aquela lamuria desafiante: qual o look mais confortável e legal  eu consigo montar?? Aí que para facilitar minha vida, montei as minhas regras, que vou compartilhar nesse post…

Menos poliéster por favor- Poliéster em excesso é uó, digo em excesso porque quase toda roupa tem, mas o que não dá é muito. Primeiro porque dá calor e como consequência, seu cheirinho cheiroso pode não durar o dia todo com esse plástico em contato com seu corpo. Além de tudo não são confortáveis no toque da pele(sim tenho essa frescura).

Calça que  não agarra na coxa- Quer coisa que me irrita é calça que agarra na coxa. Sim, tenho coxas avantajadas e odeioooo a sensação de que tem algo prendendo minhas pernas. Se de pé tá justo, imagina a hora que senta(no chão). 

O sutiã que não aperta- Toda oportunidade da vida que eu tiver eu vou estar sem sutiã, não gosto, acho que sempre vai apertar. Mas, nem sempre isso é possível, então sim, eu escolho a roupa primeiro pelo sutiã, mais confortável do  mundo( se isso é possível).

A terceira peça como opção- Como dizia minha vó, não saia de casa sem casaquinho. Quase sempre levo o casaco para passear(morro de calor e o casaco fica na mão o tempo todo), mas vai que eu entre em um ar condicionado insuportável de frio…Precauções, né amores??

Obs: Deixei o sapato de fora desse post porque acho que ele merece um post especial.

E vocês tem essa noia do conforto?