categorias: Comportamento Moda

Como andam as redes sociais e a moda nesse período de quarentena.

De fato as mudanças provocadas pela quarentena nas redes sociais ainda estão passando por muitas incertezas nesse período. O engraçado das redes sociais é que alguém meio que lança uma moda e de repente todo mundo segue e vira quase que um comportamento habitual. Quem não lembra a época que os feeds eram repletos de selfies a la Kardashians? Ou depois veio a onda do feed organizado, os look e as mil poses de look com fotógrafo contratado em viagens maravilhosas, ou looks de academia, que foram sendo feitas nos últimos tempos? Como disse anteriormente (aqui e aqui) as coisas mudaram e de fato qual a função de postar looks super produzidos se estamos em casa? Ou você é daquelas que usa saltão e jeans em casa(eu definitivamente busco o conforto)? 

O que ando vendo nas redes sociais é um momento perdido, muitas lives sem sentido rolando, em  um mundo que isso tudo que citei em cima não faz sentido e as influencers estão tentando de tudo para se manter influenciando e ganhando seu público e dinheiro, claro. Então o que mais vejo em uma parte do tempo entre as influencers são as receitas gourmet ou delivery de comida que “chegam” na casa delas, dicas daquela mesa super posta, com aquela louça ou qualquer acessório que você precisa ter para deixar sua estada em casa mais completa(meio distante e fora de realidades, mas ok, cada qual no seu público) . E outra parte está de pijamas de volta as selfies com seus confie looks em casa. Tudo está em seu período de adaptação e nem roupas de marca, nem roupas complicadas, nem viagens de sonhos. Mas, uma onda de calças de moletom, quando usam sapatos, são os mais confortáveis, tops cortados , camisas largas…

Galeria de imagens

Sim é muita mudança, mas acho que daqui a pouco vem outra onda…aguardem as máscaras e os cuidados de beleza que ainda nem entraram fortes na pauta..

E vocês o que andam vendo por aí??

categorias: Moda

Tá na hora de repensar o consumo: como se preservar das tentações nesse período de crise.

Eu não sei vocês, mas como deu para perceber no meu último post, essa pandemia tem feito eu repensar muitos valores. Confesso, que externamente pouca coisa modificou na minha vida. Trabalho quase que o tempo todo de casa, atendo meus alunos on-line e realizo minhas pesquisas daqui de casa(para quem não sabe estou fazendo um pós doutorado na  minha área). Para não dizer que nada mudou, meu marido está trabalhando em casa e a minha única saída do dia, que era ir na academia, não está rolando e eu estou treinando na varanda. Apesar da rotina ter mudado pouco, o jeito de pensar várias coisas tem mudado. 

E acho um ótimo momento para repensarmos o consumo, principalmente aquele que temos por impulso. Entendo que as lojas precisam vender, a economia precisa girar, mas será que você precisa mesmo daquela blusinha que acabou de entrar na promoção com 40% de desconto e frete grátis? Aonde você vai com a blusinha nessa quarentena?  Quando você for querer sair com ela talvez as coisas não sejam mais as mesmas(Talvez você esteja trabalhando normalmente, aí até poderia pensar, ok…Mas, mesmo assim).Vai se montar em casa(nem a Chiara Ferragni tá montada em casa)? Tem gente que gosta, mas sinceramente acho esquisito eu ficar aqui no meu apê toda arrumada para ficar na sala de casa, vocês me conhecem e sabem que eu curto um conforto. Mas, se você é de se montar, ok também, mas isso não te exclui de repensar o consumo.

Galeria de imagens

Entendo o desespero das lojas nesse período de crise, precisam vender, até porque as compras por impulso tendem a diminuir...O que a meu ver é ótimo, porque precisamos de fato repensar o que consumismo. E antes de comprar qualquer coisa para o prazer momentâneo da compra, repense que buraco você está querendo tapar com o excesso de consumo. Em período de crises, minha dica é. Compre somente o que realmente você precisa.

E vocês como estão nesse período? (Obs: talvez eu volte com os posts “normais” em breve, mas ainda não me senti a vontade diante de tantas reflexões). 

categorias: Moda

Quando a roupa que você usa perde a importância.

Fiquei pensando como voltar nesse blog depois de tudo o que estamos vivendo. Uma verdadeira mudança de paradigma onde as coisas que dávamos valor na semana passada perdeu todo o valor e sentido. Pois, bem….estávamos em um momento (antes de tudo acontecer) de consumo desenfreado, da valorização da exacerbada do look do dia. E não me diga que você nunca foi influenciada digitalmente a consumir algo que determinada blogueira postou, porque sabemos que não é verdade. Por mais que tenhamos nossa personalidade, nossa liberdade de escolhas, vira e mexe desejávamos algo que estava posto para nós na internet.  Mas, e agora???? Uma verdadeira nova ordem mundial se instaura e a gente está muito perdido…O que a gente gosta, o que a gente faz, quais são nossas prioridades? Vamos ter que mudar, não é mesmo??

Galeria de imagens

Quando a roupa que você usa perde a importância outras coisas ganham valor, a gente começa a buscar a essência das coisas. Nessa fui buscar o que sempre encantou na moda que não tem nada a ver com consumo, mas com transcendência com sua ligação com a arte, que para mim se relaciona diretamente com quem sou(afinal, sou artista , né?). Algo que provoca que me faz pensar, refletir sobre  a vida. A moda que cria, que me tira do lugar, que me chama atenção pelo o que posso ser e não pelo desejo do que posso ter. Sim, estamos diante de uma grande mudança. Está na hora de refletir. O que realmente importa??