categorias: Beleza Compras

O hidratante anti-idade perfeito para o corpo

Ok,  minha gente definitivamente virei a louca da hidratação (e da skincare em geral, mas depois eu conto isso). Mas, hoje vim compartilhar com vocês um hidratante maravilhoso. Confesso que sempre achei que qualquer hidratante servia para mim. Tava bem incomodada com o aspecto da minha pele, mas tava fingindo que não era comigo, até que….encontrei essa maravilha. Sabe aquela pele macia, entãoooo, tá rolando, depois que eu conheci e experimentei o Ideal Body de Vichy.  Esses é um dos melhores hidratantes para o corpo que já usei na vida(tem duas versões,  uma versão colo, pescoço e mãos e outra só pata corpo). Conheci o Ideal Body de Vichy, através de uma amigo que me deu umas amostras. E não larguei mais, confessooo que muitas vezes tenho preguiça de passar, mas deixo sempre na minha cara, depois do banho e passo.

Galeria de imagens

Sim, amores tá calor, eu sei.. e segundo a marca , o produto tem textura sérum não oleosa, que é rapidamente absorvida. Ok, mas não se engane que se passar muito meleca. Detesto essa sensação de meleca, então fui aprendendo a quantidade certa. Ele deixa  a pele linda com o uso porque tem ácido Hialurônico, LHA, óleos fundamentais e água termal de Vichy e além de tudo tem brilhinho discreto.

Eu nunca tinha experimentado nada na vida algo que tratasse os sinais de envelhecimento da pele do corpo. Ele não é barato, custa cerca de 90 reais.  Mas, gostei bastante e recomendo muito…E aí vocês já usaram??

categorias: Compras Moda

Uma bolsa muito cara que anda bombando por aí…o caso da Bottega Veneta.

Fico sempre intrigada como uma bolsa tãooooo cara e para poucos, pelo menos aqui no Brasil, começa a vender que nem água. Sim, aqui no Brasil a bolsa tá esgotada com fila de espera (a desigualdade social é bizarra, ok, já sabemos). Não se pode negar que desde que o diretor criativo Daniel Lee chegou na Bottega Veneta a marca alavancou e cresceu as vendas. A gente já viu que teve sandália, cinto, bolsa e tais que venderam muito (vejam, aqui, aqui, aqui) quem lembra teve a The Pouch, Agora e a hora é a vez da Padded Cassette, em cores lindas, sem dúvida, mas os preços impraticáveis, talvez por isso mesmo seja uma marca da categoria de luxo…não é mesmo?

Galeria de imagens

A bolsa é linda sem dúvida, mas nem que eu tivesse eu gastaria tanto dinheiro em uma bolsa de modinha. Ela custa aqui R$18.427, na Europa 2.200 euros, nos EUA 2800 doletas.  Mas, quem sou eu para ditar qualquer regra. E vocês gastariam(não me venha dizer que é investimento) tanto em uma bolsa?

categorias: Comportamento Compras

Máscara é um acessório de moda: Sim ou não?

Esse assunto é um assunto que vem me cutucando desde que a máscara tornou-se um item obrigatório. Confesso que é uma questão com a qual eu não sei se queria lidar, e fico bastante confusa com isso, mas enfim… A coisa tá aí na nossa cara, então vamos lá…. Quando começou a obrigatoriedade das máscaras, surgiu uma polêmica da Osklen vendendo as máscaras a preços surreais, com a justificativa que era para ações contra a Covid19, mas embutido um valor da marca. Não vou entrar no mérito da questão e nem nas criticas que ela recebeu. Mas, a  partir das máscaras de “solidariedade” da Osklen me surgiu a questão sobre as máscaras serem um item de moda(Vou fazer a mea culpa e dar meu valor para as marcas que colaboraram com as máscaras para doações).

Galeria de imagens

Eu fico confusa, porque para mim acima de tudo é um item de segurança/proteção. Se ela é bonita ou não, para mim é uma consequência. Prezo sempre o conforto, mas até acho engraçadinha as máscaras divertidas e fofas. Mas, acho meio over essa ideia de máscara de marcas.  Ainda não consegui resolver isso dentro de mim.

Mas, afinal é ou não é um item de moda?